sábado, 30 de maio de 2015

A completa reformulação da própria vida







Sê vigilante e diligente no serviço de Deus e pensa com frequência que, como cristão:


É chamado a viver com Deus e crescer espiritualmente? Empenha-te, portanto, em caminhar nessa direção e em breve receberás a recompensa de seus esforços, superando o medo e a dor.


Faze, enquanto é tempo, um pequeno esforço e alcançarás a paz e a alegria definitivas.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Faça o bem, sempre olhando a quem


 




Analisando uma passagem do Livro Eclesiástico 12: 1-7, vemos a verdadeira caridade se interpondo ao sentimentalismo atual:


Se fizeres bem, sabe a quem o fazes, e receberás gratidão pelos teus benefícios.


 Faze o bem para o justo, e disso terás grande recompensa, senão dele, pelo menos do Senhor, pois não há bem para quem persevera no mal e não dá esmolas; porque o Altíssimo tem horror dos pecadores, e usa de misericórdia com os que se arrependem.


 Dá ao homem bom, não ampares o pecador, pois Deus dará ao mau e ao pecador o que merecem; ele os guarda para o dia em que os castigará.


Dá àquele que é bom, e não auxilies o pecador.

  
Faze o bem ao homem humilde, e nada dês ao ímpio; impede que se lhe dê pão, para não suceder que ele se torne mais poderoso do que tu.


Pois acharás um duplo mal em todo o bem que lhe fizeres, porque o próprio Altíssimo abomina os pecadores, e exerce vingança sobre os ímpios.”

quinta-feira, 28 de maio de 2015

A Senhora o Dragão e o Anticristo



A Escritura começa e termina com a batalha entre a mulher e a antiga serpente (Gn 3, 15 e Apocalipse 12).

Em muitas representações piedosas a Virgem Maria aparece relacionada à Lua a que pisa
com os seus pés graciosos e com estrelas brilhantes, elementos que alguns consideram decorativo romântico, indignos da personalidade de Maria, sem saber que figuras bíblicas são muito expressivas. Qualquer um que conhece a arte do Apocalipse, livro sagrado, entende que é símbolos que contêm um significado profundo.

O tema central do Apocalipse é a perseguição dos fiéis e do triunfo final de Cristo e da Igreja.

A mulher simboliza Israel o povo eleito da Antiga Aliança que deu a luz ao Messias, também simboliza a Igreja, corpo místico de Cristo, e também a Virgem Maria. Ela vem vestida com o sol, que significa revestida com a Santíssima Trindade, simbolizando a sua ressurreição e a situação atual feliz. A lua debaixo dos seus pés, significa o seu domínio sobre toda a Terra e seus habitantes.

As doze estrelas no Antigo Testamento foram as doze tribos de Israel, substituídas, desde o início da Igreja dos doze apóstolos, as pedras que cimentaram o novo Israel, a Igreja, na qual a Virgem Maria é rainha porque Ela se converteu em sua Mãe.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Batalha do Sínodo: chantagem, ameaça de cisma velada, a Kasperização da Igreja alemã, e a destruição do Casamento - Document e Análise


1.DOCUMENTO

Zentralkomitee deutschen der Katholiken (Comitê Central dos Católicos Alemães)
Sábado, 9 maio, 2015

     Para construir pontes entre o ensino e a Realidade da Vida - Família e Igreja no Mundo de Hoje

 
Assembleia Plenária em 8 e 9 de maio de 2015 em Würzburg [Alemanha]
Declaração da Zentralkomitee der deutschen Katholiken (Comitê Central dos Católicos Alemães), em preparação para a Assembléia Geral Ordinária XIV do Sínodo dos Bispos, no Vaticano [Outubro] de 2015


O Comitê Central dos Católicos Alemães (ZdK) [ Nota do Rorate Caeli : o grupo mais antigo, a principal e mais influente grupo dos Católicos Alemães, fundado sob um nome diferente em 1848 e responsável pela famosa Katholikentage, Dias católicos] congratula-se com o apelo do Papa para Francisco a todos os fiéis a fazer uma declaração sobre a situação da família na Igreja e no mundo de hoje. As reações a nível mundial para esta chamada terão de ser colocadas juntas durante a Assembléia Geral do Sínodo dos Bispos, em outubro de 2015. O ZdK está ciente da compreensão do contexto da Igreja universal para a discussão do tema e presta especial atenção para as suas próprias considerações regionais.

[...]

Com as quatro mensagens centrais seguintes, o ZdK gostaria de fazer uma contribuição para o debate, tendo em vista a preparação das consultas para a Assembléia Geral XIV  Sínodo dos Bispos; portanto, gostaria de convidar para uma discussão para os tópicos seguintes e buscar aliados para os próximos desafios.

1) Consideramos o matrimônio sacramental como o modelo para uma ligação ao longo da vida como uma promessa para uma vida bem sucedida com a ajuda de Deus. Confessamos que este é o modelo de vida para nós encorajarmos os casais a fazer uma promessa conjugal e fundar uma família. Ao mesmo tempo, nós respeitamos outras formas de convivência em que os valores importantes são realizados: responsabilidade confiável no outro; fidelidade nessa relação; e um compromisso de caminhar juntos [sic].

2) Como uma igreja no mundo, o ZdK funciona de uma forma especial para o fortalecimento e para a promoção do matrimônio e da família na nossa sociedade e no Estado. Por família, queremos dizer também as diferentes formas não marital de associação de vida confiável e de responsabilidade geracional que fazem uma grande contribuição para a solidariedade social e que deveriam ser tratados de forma justa.


3) A doutrina da Igreja tem de ser desenvolvida com a ajuda de um diálogo com os fiéis, e com uma atenção às suas respectivas realidades da vida. Como uma igreja que está atenta aos homens, as suas tristezas e esperanças, somos chamados a nos envolver com a confiança da sociedade de hoje, com toda a sua multiformidade, formas socialmente aceitas de vida, e nos tornar construtores de pontes entre a prática e ensino.

4) Em nossa igreja [na Alemanha], apoiamos uma forte pastoral para o matrimônio e a família, que precisa, localmente, de cuidados específicos e especiais, também de mudança nas estruturas pastorais.

Em detalhe, isto significa que:

terça-feira, 19 de maio de 2015

Ex pastor protestante explica a fórmula que usava para enganar católicos



Eu era protestante durante vinte anos antes de me converter ao catolicismo. Eu fiz muitas pessoas deixarem a Igreja Católica. Minha fórmula para os católicos deixarem a Igreja em geral era composta de três etapas.


Passo 1: Convidar os católicos a terem uma experiência de conversão em um ambiente protestante.

Muitas igrejas fundamentalistas, evangélicos e carismáticos têm programas dinâmicos para os jovens, intensos ofícios religiosos toda quarta-feira e domingo à tarde e pequenos grupos  de estudos bíblicos. Além disso, eles patrocinam cruzadas, seminários e concertos especiais. Os católicos, convidados por um amigo protestante, podem assistir a um ou mais desses eventos sem deixarem sua participação nas missas de domingo em sua paróquia local.

A maioria da doutrina protestante é simples, se arrependerem de seus pecados e seguir a Cristo na fé. Além disso, salientam a importância de uma relação pessoal com Jesus ea recompensa da vida eterna. A maioria dos católicos que frequenta estes eventos não está acostumada a ouvir tais desafios diretos a abandonar o pecado e seguir a Cristo. Consequentemente, muitos católicos experimentam uma verdadeira conversão.


Isto é, devemos louvar o fervor protestante, colocando para promover conversões.

Os líderes católicos devem aumentar as oportunidades para as pessoas  terem um ambiente católico.

A razão é simples: há cerca de cinco em cada dez pessoas adotam as crenças na qual experimentou sua conversão. Esta percentagem é ainda maior para aqueles com conversões profundas ou experiências carismáticas graças aos protestantes. (Acredite em mim, eu sei muito bem, me formei em uma escola da Assembléia de Deus e fui ministro da juventude em duas igrejas carismáticas).

Pastores, líderes da juventude, e ministros leigos estão bem cientes de que as experiências de conversão em ambientes protestantes muitas vezes causam a adesão a fé ea igreja protestante.

domingo, 17 de maio de 2015

Bons tempos para Dominicanos dissidentes: Ultra-liberal Timothy Radcliffe nomeado pelo Papa Francisco como Consultor do Pontifício Conselho de Justiça e Paz

O boletim do Vaticano de hoje relata que o Padre Timothy Radcliffe OP, acaba de ser nomeado pelo Papa Francisco como Consultor para o  Pontifício Conselho de Justiça e Paz. O ex Mestre Geral da Ordem Dominicana é um proeminente defensor da proposta Kasperite em favor da comunhão para a "divorciados novamente casados." Ele também é um ardoroso defensor da ordenação de mulheres, senão para o sacerdócio, pelo menos para o diaconato. No entanto, ele se tornou mais famoso por suas frequentes  declarações públicas a favor de uma maior aceitação da homossexualidade, e por ter se tornado um celebrante frequente das infames "Missas gays" em Soho, Londres. O blog Rorate já denunciou várias vezes seu apoio flagrante para a homossexualidade. (ver isso e isso - vá até o final de cada post).
 

sexta-feira, 15 de maio de 2015

A estratégia do demônio: Contrapor ‘um Jesus bondoso’ a ‘uma Igreja malvada´, afirma exorcista

Inferno - Fragmento da pintura localizada no batistério de São João (Firenze - Itália) / Foto: Flickr de Albert (DC-BY-NC-ND-2.0)

ROMA, 13 Mai. 15 / 05:00 pm (ACI).- “O diabo ataca a humanidade fazendo acreditar que não existe um bem objetivo e que podemos decidir o que é bom e o que é ruim, isto é, caímos no relativismo e o ‘pai da mentira’ também busca enganar os fiéis colocando em oposição ‘um Jesus bondoso’ com ‘uma Igreja má’ que não deixa o homem livre para fazer o que bem quiser”, advertiu o sacerdote e exorcista Cesar Truqui.

Para Satanás “é mais fácil separar e distorcer a imagem de Deus, do que negar sua existência. O diabo sempre separa e opõe um Jesus ‘bondoso’ a uma Igreja ‘má’, que não deixaria o homem livre para fazer o que ele quiser”, assinalou o sacerdote em declarações ao semanário italiano Tempi.

O Pe. Truqui participou do curso sobre exorcismo realizado recentemente em Roma indicou: “O demônio sempre atua da mesma maneira, tentando o santo “em sua santidade” e “o pecador em seu pecado”. Entretanto, existe outra forma de tentação mais difundida atualmente: O relativismo”.
“No Evangelho de São João, Jesus define o diabo como o ‘pai da mentira’, porque nos convence que nós devemos decidir entre o que está bem e o que está mal. Busca convencer-nos de que não existe um bem objetivo. Hoje esta visão é imposta globalmente e por isso Bento XVI ressaltava a ‘ditadura do relativismo’: a impossibilidade de estabelecer com segurança o que é bom e ruim para todos, e que qualquer pessoa pode escolher o que é legal e o que não é, o que é delito e o que não é”, explicou o exorcista.

Além disso, o Pe. Truqui advertiu: “Existe outro engano que deriva disto: pensar que se afastássemos a verdade para aceitar as pessoas, finalmente encheríamos as Igrejas. Mas, na verdade é o contrário. Hoje sabemos claramente que quanto mais a Igreja se ‘mundaniza’, mais o mundo se afasta”.

O Pe. Cesar Truqui afirmou enseguida: “Para diminuir a fé das pessoas, o diabo utiliza “as ideologias, a tecnologia e todos os meios audiovisuais, pela força de propagação que têm. E o meio mais poderoso é a internet por ser uma ferramenta que a pessoa pode utilizar sozinha e através do computador a pessoa pode ter acesso a tudo sem limite nem controle”.

“Os fiéis podem combater o diabo com alguns meios que a Igreja oferece. Para estar atento e superar as tentações diárias, crescentes e difundidas no contexto social, os meios são os que Jesus nos deixou. Jesus, veio salvar-nos para estar junto d´Ele: Participar dos sacramentos da Eucaristia e a Confissão, a oração diária e o terço”, concluiu o Pe. Cesar Truqui.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

A Ascensão do Senhor: subiu aos céus está sentado à direita de Deus Pai Todo Poderoso...



quando_e_que_jesus_subiu_aos_ceus









Ao contemplar, cheio do Espírito de Deus, a bem-aventurada Ascensão de Nosso Senhor, o profeta Davi exorta o mundo inteiro a celebrar o Seu triunfo, em transportes de alegria e satisfação. “Nações todas, diz ele, batei palmas, louvai a Deus em cantos de alegria! Subiu Deus no meio de aclamações” (Sl 46, 2-6).

A explicação deste artigo, cujo objeto versa principalmente este divino Mistério, deve pois começar pela primeira parte, e descortinar toda a sua significação.

Os fiéis devem crer, sem a menor dúvida, que Jesus Cristo, depois de consumar o mistério de nossa Redenção, subiu aos céus enquanto Homem, com corpo e alma; enquanto Deus, nunca de lá se ausentou, pois que enche todos os lugares com Sua Divindade.
Ele subiu por virtude própria. Não foi arrebatado por força estranha, como Elias que fora levado ao céu num carro de fogo (2Rs 2, 11-12), nem como Habacuc (Dn 14, 35) ou o diácono Filipe (At 8,39) que, transportados através dos ares por uma virtude divina, venceram as distâncias de terras longínquas.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Meio protestantismo é protestantismo por inteiro


 Hoje nós testemunhamos com resignação a queda de vocações sacerdotais, com a consequente redução do número de sacerdotes entre nós. Dia após dia aumentam as paróquias que precisam de um padre estável. Sem dúvida, os sacerdotes estão se tornando escassos. Na maioria das vezes há igrejas que são abertas esporadicamente para a celebração da Missa, enquanto eles permanecem fechadas a maior parte do ano.

Além disso, mesmo quando um sacerdote residente em uma paróquia grande, a sua presença pode ser progressivamente reduzida pela sobrecarga de trabalho que está envolvido para garantir serviço a muitas pequenas comunidades em sua área. Em muitos vales montanhosos não vai um sacerdote.

O que dizer? É uma imagem triste e desanimadora.

Mas surge a pergunta: Qual é o maior perigo? Ao nosso entender , a solução para tudo isso está  sendo ditada por aqueles mesmos que causaram  e aceleraram  o problema. Cristianismo “protestantizado” deu lugar a esta catástrofe há décadas e agora nos oferecem remédios!

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Ex-espião da União Soviética: Nós criamos a Teologia da Libertação



REDAÇÃO CENTRAL, 11 Mai. 15 / 12:06 pm (ACI).- Ion Mihai Pacepa foi general da polícia secreta da Romênia comunista antes de pedir demissão do seu cargo e fugir para os EUA no fim da década de 70. Considerado um dos maiores “detratores” de Moscou, Pacepa concedeu entrevista a ACI Digital e revelou a conexão entre a União Soviética e a Teologia da Libertação na América Latina.  A seguir, os principais trechos da sua entrevista:

Ion Mihail no iate de Raul Castro em Cuba 1974 (fotos no ACI Digital)

 Em geral, você poderia dizer que a expansão da Teologia da Libertação teve algum tipo de conexão com a União Soviética?
 
Sim. Soube que a KGB teve uma relação com a Teologia da Libertação através do general soviético Aleksandr Sakharovsky, chefe do serviço de inteligência estrangeiro (razvedka) da Romênia comunista, que foi conselheiro e meu chefe até 1956, quando foi nomeado chefe do serviço de espionagem soviética, o PGU1; Ele manteve o cargo durante 15 anos, um recorde sem precedentes.
Em 26 de outubro de 1959, Sakharovsky e seu novo chefe, Nikita Khrushchev, chegaram à Romênia para as chamadas “férias de seis dias de Khrushchev”. Ele nunca tinha tomado um período tão longo de férias no exterior, nem foi sua estadia na Romênia realmente umas férias.

Khrushchev queria ser reconhecido na história como o líder soviético que exportou o comunismo à América Central e à América do Sul. A Romênia era o único país latino no bloco soviético e Khrushchev queria envolver os “líderes latinos” na sua nova guerra de “libertação”.

A matemática reforça a certeza da verdade absoluta que é Deus << fala um Nobel matemático>>

«La matemática refuerza la certeza de la verdad absoluta que es Dios»: habla un Nobel matemático
O matemático italiano Enrico Bombiere, refelte sobre a verdade lógica na matemática e em Deus, criador de um universo com lógica.




Parece incrível, mas ninguém conhece o mais importante matemático italiano. Ou, pelo menos, ninguém fora do mundo científico. Seu nome é Enrico Bombieri, único italiano a ter ganhado a Medalha Fields, o que corresponde ao Nobel da matemática. Ele leciona na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.

Francesco Agnoli entrevistou recentemente o prestigioso matemático, que tem amplamente refletido sobre a relação entre ciência e metafísica, explicando: “Para mim, a matemática é um modelo de verdade - embora seja um modelo bastante restrito de regras claras de coerência - que nos diz que a verdade absoluta (com um V maiúsculo) deve existir embora não possamos entender”.

Ele acrescenta: “Tentar justificar a existência de Deus com a matemática me lembra a história contada de Santo Agostinho quando, caminhando à beira-mar meditando sobre o mistério da Trindade, viu um menino coletando água do mar com uma colher e cuidadosamente despejando em um balde. Agostinho perguntou: “Menino, o que você está fazendo?” E o jovem respondeu: “Eu estou contando  quanta  água tem no mar '. “Mas isso é impossível!”, Respondeu Agostinho. E o menino respondeu: “Entender o mistério da Trindade é mais difícil”. Matemática, que é a ciência de verdade lógica, certamente nos ajuda a entender as coisas e por isso é natural para um matemático que acredita em Deus, conciliar o conceito da existência de Deus com a verdade que vem de matemática, embora que de forma limitada”.

sábado, 9 de maio de 2015

Santa Mônica: a criação do ideal da mãe cristã


Em tempos em que a mulher se permite ser um mero objeto de cobiça e prazer, publicamos nesse período de festejar o dia das mães, o exemplo de Santa Mônica como exemplo do que Deus espera de uma verdadeira mãe, ainda mais nesse período tenebroso da história, onde as mulheres entregam seus filhos nas mãos de babás ou depositam em escolas laicas e vão para fora de casa ingressar nas universidades e para o mercado de trabalho, função reservada ao homem, e rejeitam seu papel natural de Rainha do Lar e formadora de futuros cidadãos.



Mônica "entra" na História através da obra Confissões, de seu segundo filho, Santo Agostinho (Aurelius Augustinus, 13.11.354 d.C.), escrita aproximadamente no ano de 397. Ela teria nascido no ano de 331 d. C., embora existam controvérsias quanto a essa data (A Igreja aceita a data de 331) (Liturgia das Horas - Ofício das Leituras, 1982: 1.534.

Segundo Agostinho, Mônica foi criada por uma dada, termo que designava uma escrava incumbida de vigiar as crianças filhas de seus senhores. “ Mônica enaltecia a vigilância de uma velha escrava, que já tomara meu avô materno às costas, sendo ainda menino, como é costume serem trazidas as crianças pelas raparigas mais crescidas” (Confissões, p. 223).
A velha escrava cuidou também de sua educação; Agostinho conta-nos um caso em que sua mãe, ainda criança, foi severamente repreendida pela dada, pois começou a demonstrar gosto pelo vinho ("de facto, a escrava que costumava acompanhá-la até junto do tonel, litigando um dia com sua jovem senhora, estando sós, lançou-lhe em rosto a intemperança, chamando-lhe com atroz insulto: Bêbada!") (Confissões, p. 224).

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Hillary Clinton " Os governos devem empregar seus recursos coercitivos para redefinir os dogmas religiosos tradicionais"



“Os códigos culturais profundamente enraizadas, crenças religiosas e as fobias estruturais devem ser alterado. Os governos devem utilizar seus recursos coercitivos para redefinir os dogmas religiosos tradicionais.” Isto foi afirmado por Hillary Clinton em 24 de abril na Sexta Cúpula “Women in the World” (Mulheres no Mundo) no Lincoln Center, em Manhattan.

(Aleteia/ InfoCatólica) A possível candidata do partido democrata à presidência dos Estados Unidos atacou as religiões que se opõem ao aborto e defendeu o financiamento governamental de organizações multinacionais abortista como a Planned Parenthood. E ela fez um argumento parecido em favor de grupos LGBT.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Efeito da emancipação: Fertilidade da mulher cai 90% depois dos 30 anos

A notícia abaixo nada mais é do que a demonstração que as leis naturais são governada por Deus, Perfeito Legislador, compreensível pela ciência natural através da inteligência humana. Por mais que o homem moderno em sua loucura inspirada por Satã queira se sobrepor a Deus, sua rebeldia tem um preço. A mulher complementa o homem ficando em casa cuidando da educação dos filhos que serão futuros cidadãos. A independência da mulher em relação ao marido nada mais é do que uma revolta contra Deus, assim sendo, é anti-natural.

Londres, 27 jan (EFE).- A dificuldade da mulher para engravidar depois dos 30 anos se deve ao fato de que até essa idade ela já utilizou quase 90% da reserva de óvulos, segundo revela um estudo conjunto das universidades de St. Andrews e Edimburgo, na Escócia.

Depois dos 30 anos, a mulher continua fabricando óvulo, e inclusive aos 40 anos, mas a reserva de óvulos potencialmente férteis se reduz até se tornar insignificante, detalha o estudo publicado hoje pelo diário britânico "Daily Telegraph".

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Um ex maçon detalha como no ritual maçônico se << dá glória a Lúcifer como portador de luz>>


Un exmasón detalla como en el ritual masónico se «da gloria a Lucifer... como portador de luz» 

 


Serge Abad-Gallardo foi membro da maçonaria por mais de 25 anos, chegando a tornar-se mestre grau 14. Depois de uma peregrinação a Lourdes tudo mudou e começou seu processo de conversão que, em seguida, levou-o a escrever um livro. Em entrevista à ACI Prensa também explica a relação entre o diabo e a organização.

"Deixei a Maçonaria e pensei que tinha que escrever, primeiro para me entender e, em seguida, dizer às pessoas. Todos são livres para fazer o que quiser, mas, na maçonaria não se fala francamente ", disse o autor de “Por qué dejé de ser masón”(LibrosLibres).

"Com meu livro eu quero mostrar que o catolicismo e maçonaria não podem andar juntos", ressalta.

Serge é um arquiteto e entrou para a loja maçônica através de um amigo, tentando encontrar nela as respostas para as perguntas mais profundas do homem.
“Eu não iria deixar a maçonaria. Eu tive alguns problemas sérios em minha vida e me perguntava que resposta podia me dar a maçonaria e não encontrei nenhuma. Sem embargo, no caminho com Cristo  encontraram-se”, diz ele.